OUÇAS... COM O CORAÇÃO

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Misteriosa felicidade

A felicidade consegue ser muito misteriosa.

Se esconde quando mais precisamos e se deixa encontrar quando menos esperamos.

Mas ainda assim o sabor de vivê-la é algo insubstituível.

A felicidade de amar é saborosamente incrível.

Aprendí que conseguímos ser felizes quando fazemos alguém feliz, alguém que não espera que o façamos.

Nos entregamos para fazer o possível e o impossível por outrem e somos recompensados quando vemos que nosso esforço não foi em vão.

Não podemos esperar nada em troca e preferimos às vezes sermos ocultos em nossas "tramas".

O importante é que nos realizamos dessa forma.

Podemos até sofrer um pouco quando esperamos receber o amor que entregamos, mas devemos nos lembrar que não funciona dessa forma.

Devemos nos desprender das regras traçadas pelo "sistema" e simplesmente viver.

Mais cedo ou mais tarde seremos completos!

2 comentários:

MARIA disse...

"...simplesmente viver."

Nem mais!

Queres uma boa notícia? Estou quase de volta, deixa-me descansar mais um pouco a cabeça. Mas ando com imensa vontade de escrever.

Beijocas Grande Amigo

Maria

Carval disse...

Que bom, estou ansioso pelo seu retorno!
Mas não tenha pressa, de vez em quando precisamos descansar um pouco para renovar nossas forças.

Um grande beijo!