OUÇAS... COM O CORAÇÃO

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O Amor

Como encontrar o verdadeiro AMOR, uma vez que ele não se deixa achar tão facilmente?
Na verdade ele até se deixa achar mas gostamos de complicar as coisas
tentamos encontrá-lo onde ele não está, buscá-lo onde não existe...
E por mais difícil que pareça de ver, ele está bem ao nosso lado.
O verdadeiro amor é aquele que nos tranforma, muda nossa vida,
nossa maneira de pensar, de agir, de observar o céu e as estrelas.
E àquele mesmo, que nos faz sofrer quando nos doamos à alguém,
e nos faz sentirmos sós quando achamos que ninguém se importa.
Ilusão que criamos muitas vezes.
Cremos num amor fictício, utópico, de contos de fadas e tentamos
moldar nossas vidas neste amor.
Mas o verdadeiro amor está ao nosso lado e nos faz perceber (quando deixamos) as coisas simples e maravilhosas da vida.
O carinho dos amigos, a gratidão dos nossos próximos, as carícias dos apaixonados.
Sempre tentamos descrevê-lo de varias formas, mas no fim ele é indescritível.

Só amando mesmo para compreendê-lo.

E se sofrermos... não faz mal. O verdadeiro amor tudo suporta...

Um comentário:

MARIA disse...

Carval,

Cada vez mais chego à conclusão que as pessoas gostam de sofrer por amor.

Cada vez mais penso que existem pessoas que vivem uma vida inteira a sofrer, sofrer, e sofrer de amor.

De tal maneira que se torna doentio, o que faz com que as pessoas passem apenas a pensar com o coração e não com a razão.

Desculpa a minha sinceridade, mas o verdadeiro amor não é aquele que tudo suporta, mas sim aquele que tem a mesma direcção, o da felicidade entre duas pessoas.

Um beijo,

Maria