OUÇAS... COM O CORAÇÃO

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Procura-se um... Eu!

Só agora me dei conta...
De que estou perdido.
Em algum lugar por onde andei
Distraído, talvez
Ou aflingido por alguma moléstia
Que me tirou a razão.

Em algum lugar...
Eu me perdi.

Agora que me dei conta,
Não sei o quão tarde pode ser,
Espero que tenha sido bem a tempo.
Só sei que me preocupa.
E agora senti necessidade,
Necessidade de me encontrar,
De encontrar meu Eu
Que outrora era tão...

Forte e destemido.

Mas se olho para trás tenho medo,
Medo de saber onde caí,
De saber que me perdi por descuido,
Por não ouvir conselhos,
Por não ouvir a voz do coração,
Por não ouvir o clamor do meu Eu.

E agora padeço.

Mas não estou tão mal assim.
Estou consciente.
Estou disposto a lutar.
Estou disposto a me reencontrar.
Só preciso realmente saber,
Por onde começo a procurar...


Sei que estou sozinho nessa...
Mas deixo este anúncio em algum jornal:

"Procura-se um... Eu!"

Se alguém souber de algo...

Um comentário:

Maria Lapa disse...

Este blogue tornou-se obrigatório a sua leitura.

Algumas frases ditas e escritas fazem-me bem ao espírito e à alma.

Procura-se um ... Eu!

Começar por meditar é um princípio.
Ser optimista tem que estar sempre presente.
Nunca desistir de procurar seja o que for e seja quem for, é essencial nesta vida.

Se souber de algo, cá estarei com as minhas palavras escondidas ...

Felicidades

Maria